Lu
100% seguro carrinho
carrinho vazio
calcule o frete e o prazo de entrega: ok
Rua Teste, numero X, Sp / Sp
subtotal: (o valor total será mostrado após o calculo de frete) R$ 0,00
magazine luiza ir para página inicial
Bem-vindo ao portal da Lu!

Lu Explica

Blog da Lu

 

Quer mais conteúdo sobre produtos?
   

Tipos de TVs: saiba os diferenciais

Qual a diferença entre LED, LCD e Plasma?

Você está com muitas dúvidas sobre qual TV comprar? Não consegue decidir entre Plasma, LCD ou LED? Ninguém sabe explicar direito os diferenciais entre cada uma destas tecnologias?

Vem com a Lu que eu explico!

Hora de Tecla SAP!

Para começar, uma dica que vale ouro: escolha ao sua próxima TV pensando onde o aparelho ficará. Especialistas recomendam a TV de Plasma para a sala de TV, na qual você consegue controlar melhor a luz! Já a LCD vai se adaptar melhor a ambientes mais comuns, como sala de estar e quarto.

Para ajudar você, pesquisei as principais características e os mais importantes diferenciais entre cada um dos tipos mais comuns de TV. Agora vai ficar fácil!

Fique atento a algumas característica de sua próxima TV!

- Ângulo de Visão: não adianta nada você ter uma super TV em sua sala se não consegue assistir aos programas sentado no seu sofá. Por isso, incluímos este item na nossa lista. Independentemente do modelo, preste atenção:

Valores aceitáveis: 165 graus.

Valores ideais: de 175 a 180 graus.

- Assistência Técnica: é importante você verificar a rede de assistência técnica próxima à sua casa e os serviços oferecidos. Opte por aqueles serviços que buscam e entregam em domicílio.

- Bluetooth e Wi-Fi: Em um aparelho com conexão Bluetooth ou Wi-fi, você é capaz de acessar a internet diretamente da sua TV! Isso quebra um galho na hora de acessar o Youtube ou os vídeos que estão em seu Tablet, por exemplo. Se você é um consumidor antenado, procure TVs com estas características!

- Brilho: existe uma certificação mundial para definir o parâmetro utilizado nas empresas para definição de brilho. Contudo, ela é diferente entre os modelos que estamos analisando. Lembre-se de que, em todas as alternativas, quanto maior o número, melhor.

Plasma – superiores a 1.000

LCD – superiores a 500

LED – superiores a 800

- Contraste: é a diferença entre o preto e o branco na sua TV. É um item importante em filmes com cenas mais escuras, por exemplo.

Plasma – superiores a 10.000

LCD – superiores a 1.200 (não há parâmetros referenciais)

LED – superiores a 1.500 (não há parâmetros referenciais)

- Controle Universal: são controles remotos que servem tanto para TV como para seu aparelho de DVD, Home Theather, etc. É uma ideia ótima, mas a verdade é que raramente eles funcionam de maneira plena. O normal é que operem somente as funções básicas. Mas, em muitos televisores de Plasma, LCD e LED, já existem controles universais que efetivamente funcionam a todo o vapor. Dica de ouro: o controle universal tem mais chance de funcionar se todos os equipamentos forem da mesma marca!

- Cores: algumas TVs têm mais cores do que outras. Mas, tem um detalhe: nossos olhos não a capacidade de processar tantas cores assim. Fica a dica:  opte por aquela com maior número de opções em cores, a partir de 5 milhões. Mas não se esqueça de que todos têm uma gama bastante confiável.

- Entradas e Saídas de Vídeo: quanto mais saídas o aparelho lhe oferecer, melhor. Significa que mais aparelhos você poderá conectar ao seu televisor. Hoje, um modelo com, pelo menos, duas conexões HDMI é o mais indicado. Menos do que isso vai obrigar que você compre um extensor. Fique de olho!

- Entrada para USB, Micro Cards e Memory Stick: é bom ter um aparelho de TV com estas entradas. Afinal, nem todos os computadores têm conexão HDMI. Em um aparelho de TV com estas opções, você pode simplificar muito a sua vida. Se quiser ver fotos, por exemplo, é só acoplar um chip à TV e curtir as imagens. A mesma coisa pode ser feita com vídeos capturados de seu celular ou câmera digital.

- HD interno: alguns modelos de televisores possuem essa função. Com um HD interno em sua TV você pode gravar programas diretamente dos canais a que está assistindo sem a necessidade de outro aparelho. O filme ou as cenas que você decidir gravar ficarão salvas na própria TV. Puro estilo, né?

- HDTV: procure os televisores compatíveis com a transmissão em alta definição e dê preferência aos que possuem um decodificador interno. Se você comprar uma TV que seja apenas compatível, mas que não tenha o decodificador embutido, você poderá gastar até mais R$ 500,00 para comprar um.

- Progressive Scan: este recurso existe para completar automaticamente possíveis falhas na imagem. Seja ele Plasma, LCD ou LED, se tiver Progressive Scan, melhor ainda!

- Resolução: são as mais diferenciadas em TV. São importantes principalmente porque as novas transmissões digitais são feitas em alta resolução. É ótimo que a sua TV seja capaz de transmitir esses sinais digitais para você poder aproveitar esta nova qualidade em emissão de imagem.

Independentemente de qual decidir levar, escolha uma TV Full HD, que é um aparelho com excelente definição. Abaixo, outras opções que também são válidas:

1024 x 0768 – Alta resolução (HD).

1366 x 0768 – Alta resolução (HD).

Existe já disponível no mercado modelos com a resolução 4K, que é quatro vezes maior do que a Full HD. Se você pretende ter o melhor do melhor em imagem e som, vale o investimento!

- Sistema de Som: em todas as opções, é importante verificar alguns detalhes. A potência em RMS, acima de 10 W somando as caixas, já está excelente para um TV. Verifique também se o aparelho possui estéreo MTS. A partir destes detalhes, você pode confiar.

 
- Tela: existem dois formatos de tela. O 4:3, que é o tradicional, mais quadrado e utilizado em aparelhos analógicos e o 16:9, que é o formato mais novo, retangular, parecido com as telas de cinema e o novo padrão adotado na confecção de televisores.

Mas, antes de tudo, compare o tamanho da tela como tamanho da sua sala de TV. Não adianta comprar um aparelho enorme se o ambiente em que ela ficará for pequeno. Pode até mesmo gerar desconforto nos olhos.

Eu preparei uma tabela para ajudar. Veja:

Tamanho da Tela

Distância Mínima

Distância Máxima

26

100 cm

200 cm

30

115 cm

230 cm

34

130 cm

260 cm

42

160 cm

320 cm

47

180 cm

360 cm

50

195 cm

380 cm

55

210 cm

390 cm

60

230 cm

455 cm

65

250 cm

480 cm

Um pouco mais sobre a comparação entre Plasma, LCD, LED
 
Na hora de escolher uma nova TV você vai se deparar com dúvidas relativas ao tamanho da tela, conexões disponíveis, garantia estendida; enfim, são diversas questões, mas a principal delas é entender a diferença básica entre os três tipos de tecnologia que hoje as TVs apresentam: Plasma, LCD e LED.


Não são as únicas, é claro. Mas são as tecnologias de mais oferta de modelos hoje no mercado. Por isso, conhecer suas características é muito importante.

Plasma

As TVs de Plasma foram as primeiras a terem o formato widescreen (semelhante ao cinema) e telas de grandes proporções. Funcionam através de microlâmpadas, dispostas lado a lado, formando uma grade próxima à tela. Cada lâmpada – que em seu interior possui uma mistura de gases - é um pixel e tem uma cor própria (vermelha, verde ou azul). 

Ao serem ativados, os eletrodos de um pixel liberam elétrons que se chocam contra os átomos da mistura gasosa, transformando-a em plasma, ou seja, um gás com partículas carregadas eletricamente. Genial, né?

As TVs de Plasma disponíveis no mercado hoje alcançam a alta definição e funcionam com ótima qualidade de imagem em ambientes com luminosidade controlada. É uma TV para a Sala de TV! Rs

LCD
 
As TVs de LCD oferecem uma infinidade de modelos, com tamanhos que vão de 22” a 50” ou mais. Sua tecnologia se baseia no contato de um feixe de luz com moléculas de cristal líquido, resultado em imagens de alta qualidade em ambientes com grande luminosidade.

Os modelos de LCD têm um bom custo benefício e representam uma solução interessante para a TV digital, quando com conversor integrado. A maioria dos modelos hoje é Full HD, mas você encontra também modelos HDTV.

LED

É uma das tecnologias mais recentes. LED é uma sigla do inglês para Light Emitting Diode, ou diodo emissor de luz. Esse conjunto de LEDs (microlâmpadas) emite as cores primárias (vermelho, azul e verde) de forma independente. Com isso alcançam uma pureza da reprodução de cores bem maior do que outras tecnologias.


Tempo de resposta

 
Neste item, mais é menos. Se o valor foi maior, significa que a TV vai demorar mais para responder a nova imagem. É mais perceptível em cenas com muito movimento, como jogos e filmes de ação. O aceitável são valores iguais a 5ms ou menos. O ideal é abaixo de 2ms. Já existem até modelos com 0,001ms.

Normalmente, o tempo de resposta dos televisores de Plasma são melhores dos que os de LCD.

Velocidade de quadros na tela

Diferentemente do tempo de resposta, neste item, mais é melhor. As TVs mais antigas, por exemplo, possuem 60Mhz (imagem atualizada 60 vezes por segundo) e as novas giram em torno de 120Mhz (imagem atualizada 120 vezes por segundo). As mais novas, no padrão Full HD, alcançam 240Mhz (imagem atualizada 240 vezes por segundo).


Quem dá um show neste aspecto são as TVs Ultra HD, ou 4K. Nelas, a taxa de atualização atinge 960 Mhz!
 
Agora que você já conhece as principais características de cada um e já sabe como escolher o tipo de TV que melhor se aplica a suas vontades, bom divertimento!


 

Outros conteúdos relacionados