Patinetes: uma brincadeira radical!
Saiba como escolher o patinete e garanta muita diversão ao seu filho

Os modelos clássicos de patinete foram criados nos anos 60, ainda em madeira e rodas de borracha, feitos de forma artesanal, como os também antigos carrinhos de rolimã. Já naquela época o sistema básico consistia numa tábua sustentada por duas rodas em série, ou seja, alinhadas uma na frente da outra. Para garantir o equilíbrio e direção, tinha-se o guidom na roda dianteira.

A brincadeira se assemelha com o skate, mas com mais equilíbrio e menos quedas. A criança impulsiona com um pé enquanto o outro permanece na tábua e as mãos no guidom. Os patinetes fazem curvas e acrobacias de acordo com o direcionamento do guidom.

Recentemente, a moda voltou. E a partir dos anos 90, novos materiais como o alumínio e o plástico rígido substituíram a madeira. Saiu de cena também o clima artesanal das peças e grandes fabricantes começaram a lançar seus modelos, mais seguros, com outras funcionalidades como freios e até motores elétricos, e baseados em personagens que a garotada adora.

Como escolher

Escolher um produto é, antes de tudo, pensar em sua necessidade ou em quem vai receber o presente. No caso dos patinetes uma maneira segura de fazer essa escolha é observar a idade. 

Para crianças a partir de 1 ano e meio são indicados os modelos normalmente chamados de "Meu primeiro patinete". Confeccionados em plástico rígido, têm cores vivas e um item de segurança muito importante: quatro rodas ao invés de duas, o que praticamente elimina o risco de quedas acidentais.

A partir de 3 anos, o patinete indicado já é parecido com o tradicional, com duas rodas. Os itens de segurança ainda estão presentes. No quesito segurança é importante você observar modelos com rodas em E.V.A, que têm um deslizamento mais suave e sem ruídos além de serem mais aderentes a qualquer tipo de terreno (terra, areia batida, grama e piso pavimentado); e bases mais largas e antiderrapantes.

A partir de 6 anos, a brincadeira fica mais radical. Os patinetes dessa faixa etária são em alumínio, super leves e aerodinâmicos. As rodinhas, como nos skates e patins, são de polietileno com rolamento, muito mais velozes.  Alguns modelos têm até mesmo um motor elétrico fazendo o patinete atingir 18km/h. Mais uma boa razão para não se esquecer de providenciar o kit completo, com toda a segurança que proporcionam capacetes, joelheiras e cotoveleiras.

Para deslizar com segurança

• Observe atentamente a faixa etária do brinquedo antes da compra.
• A brincadeira deve acontecer em um local espaçoso e livre de obstáculos.
• Compre equipamentos de segurança em lojas especializadas para garantir a proteção nos momentos mais radicais.
• Cair é normal nas primeiras vezes. Não deixe seu filho desistir. Noções de equilíbrio e competitividade são fundamentais para seu amadurecimento.