Bluetooth: tecnologia em evolução
Conheça mais sobre a constante evolução do Bluetooth - uma tecnologia surpreendente

O Bluetooth é uma tecnologia que permite aparelhos eletrônicos se conectarem entre si para trocar informações sem a utilização de fios e enviar ou receber, por exemplo, arquivos de um celular para um computador, tocar música em caixas de som sem fio etc.

O que confunde muita gente na hora de comprar um aparelho com tecnologia Bluetooth são as versões. Sim, o Bluetooth está em constante evolução e a cada nova versão alguns aspectos são melhorados e novas possibilidades surgem. Vamos entender o que muda em cada versão. Vem com a Lu que eu te explico!

Entendendo cada versão

Bluetooth 1.0:  primeira versão que permite a troca de informações entre dois ou mais dispositivos apenas com a aproximação entre eles. Por se tratar da primeira experiência, os fabricantes encontraram vários problemas que dificultavam esta implementação e a interoperabilidade entre dispositivos com esta tecnologia. O mercado ainda estava aprendendo a lidar com essa novidade e não tardou em lançar a versão 1.0B para solucionar alguns problemas.

Bluetooth 1.1: lançada em fevereiro de 2001, esta versão representa o estabelecimento do Bluetooth como um padrão IEEE 802.15, ou seja, padrão utilizado para redes pessoais (PAN). Cada padrão representa uma tecnologia otimizada para determinado tipo de mercado e são projetadas de modo a serem complementares entre si. Nela, muitos problemas encontrados na versão 1.0B foram solucionados e o suporte ao sistema implementado RSSI (RECEIVED SIGNAL STRENGTH INDICATOR - Indicador da Força do Sinal Recebido em relação a um ambiente sem fio).

Bluetooth 1.2: lançada em novembro de 2003, a versão 1.2 tem como principais novidades conexões mais rápidas, melhor proteção contra interferências, suporte aperfeiçoado a scatternets (rede wirelless) e processamento de voz mais avançado. Nessa versão temos também menos interferências e um sinal mais forte.

Bluetooth 2.0: lançada em novembro de 2004, a versão 2.0 trouxe importantes aperfeiçoamentos à tecnologia: aumento na velocidade de transmissão de dados para 3 Mbps (2.1 Mbps efetivos), correção de falhas existentes na versão 1.2 e melhor comunicação entre os dispositivos. O suporte para áudio foi criado, possibilitando assim ouvir música estéreo via fones Bluetooth. Outra melhoria foi permitir a conexão de vários aparelhos ao mesmo tempo. Além disso, um importante aperfeiçoamento, principalmente para aparelhos que funcionam a baterias, foi o menor consumo de energia – a bateria do seu celular agradece.

Bluetooth 2.1: lançada em agosto de 2007, a versão 2.1 tem como principais destaques o acréscimo de mais informações nos sinais Inquiry (permitindo uma seleção melhorada dos dispositivos antes de estabelecer uma conexão), melhorias nos procedimentos de segurança (inclusive nos recursos de criptografia) e melhor gerenciamento do consumo de energia. O emparelhamento também recebeu um tratamento para funcionar melhor (emparelhamento é o ato de se conectar um aparelho Bluetooth a outro).

Bluetooth 3.0: versão lançada em abril de 2009, tem como principal atrativo um enorme salto nas taxas de velocidade de transferência de dados. Dispositivos compatíveis podem atingir a marca de 24 Mbps de transferência. Outra vantagem é o controle mais inteligente do gasto de energia exigido para as conexões. O Bluetooth 3.0 é compatível com as versões anteriores da tecnologia. Vários aprimoramentos na conectividade e na estrutura deixam o Bluetooth mais poderoso do que nunca, porém, mais ágil e seguro. Com essa nova versão, os fabricantes de produtos com tecnologia Bluetooth se beneficiarão com aumento de qualidade e menor custo de produção.

Como as diferentes versões funcionam?

Devemos lembrar que aparelhos contendo tecnologia Bluetooth de diferentes versões continuam se comunicando entre si sem problemas, ou seja, são compatíveis. Mas note que sempre prevalecerá a velocidade e funcionalidade da menor versão, ou seja, se você conectar um aparelho com Bluetooth 3.0 num outro aparelho com versão 1.2, a velocidade de transmissão e recursos será a do 1.2.

É muito comum ouvirmos frases como “As próximas gerações só verão fios e cabos nos museus”. Do jeito como as coisas estão evoluindo, não é difícil concordar. O Bluetooth foi um dos responsáveis – senão o principal – pela “revolução” sem fio, e hoje é praticamente um item exigido em celulares e vários outros aparelhos eletrônicos.

Uma tecnologia pra lá de prática e que atende a necessidade de muuuuuuitas pessoas. Afinal, às vezes precisamos resolver as coisas com rapidez. Por isso não se esqueça do Bluetooth!