Como funciona a panela de pressão
Conheça o funcionamento das panelas de pressão e quais os cuidados necessários

As panelas de pressão surgiram para resolver um dilema da física: como cozinhar alimentos de forma mais rápida, se a água em um ambiente aberto ao nível do mar permanece em 100ºC após ferver?

A resposta chegou  no final do século 17 por Denis Papin, um físico francês, que desenvolveu os primeiros modelos. A diferença básica da panela de pressão para uma panela comum é que ela funciona hermeticamente fechada. Ao vedar sua tampa com um anel de borracha para evitar que o ar saia aumentamos a pressão interna e, com isso, a água atinge 120ºC em vez de apenas 100ºC.  

Funcionamento
 
Ao aquecermos uma panela de pressão, sua pressão interna aumenta porque a água e o ar dentro dela se expandem e o volume da panela continua constante. Assim, o ponto de ebulição da água também aumenta de 100ºC para 120ºC. Com a temperatura da água fervente mais alta do que em uma panela comum, os alimentos são cozidos bem mais rápidos, economizando tempo e gás ou energia (no caso de fogões elétricos).

Ao atingir o ponto de ebulição apenas vapor é gerado. Ao atingir o limite de pressão suportado pelo modelo, entra em cena a válvula de segurança liberada quando a pressão interna consegue liberar seu peso, o que alivia a pressão interna.

Cuidados ao comprar

Preste atenção em itens importantes na hora de adquirir ou fazer a manutenção de sua panela de pressão:

• Leia as instruções do fabricante com cuidado. Modelos, tamanhos e materiais diferentes precisam de procedimentos específicos;

• Somente compre ou utilize panelas de pressão que tenham certificados de institutos competentes;

• Não use a panela se a tampa estiver amassada ou com o anel de borracha avariado ou ressecado;

• Retire o anel de borracha para ser lavado e seco à cada utilização evitando que ele se 'cole' à tampa da panela com o acúmulo de resíduos;

• Troque o anel a cada três meses, ou de acordo com as instruções do fabricante;

• Mantenha limpas as válvulas de pressão para evitar entupimentos. Elas podem ser trocadas, como os anéis de borracha. Procure uma assistência técnica autorizada para indicar a melhor peça de reposição;

• Utilize sempre um mínimo de dois a três copos de água e encha a panela com água e alimentos no máximo na proporção de 2/3 de seu volume interno. É importante ter espaço livre dentro da panela para a formação do vapor, cozimento dos alimentos e para evitar entupimentos das válvulas.

Além da cozinha

Com as modificações feitas desde a invenção, como novos materiais e tamanhos, as panelas de pressão são utilizadas comercialmente e no setor hospitaleiro para a esterilização de materiais cirúrgicos e outros utensílios, assim como na conservação de alimentos e fabricação de papel.