Alimentos e Bebidas
Bem Estar
Casa e Decoração
Especiais da Lu
Estilo de Vida
Tecnologia

Instrumentos de corda

Entenda as principais diferenças entre os instrumentos de corda

Instrumentos de Corda

Atualizado em 29 Jul 10

5 min de leitura

                   

Gente, tem muito instrumento de corda que faz sucesso em bandas, orquestras e até apresentações solos, né? Não dá nem pra imaginar música clássica, rock ou samba sem eles, por exemplo. Agora, se você tá pensando em escolher um desses instrumentos pra começar a aprender música, precisa conhecer um pouquinho melhor as diferenças entre eles. Por isso, olha só esse guia que eu preparei pra te ajudar nisso!

 


Entenda o funcionamento dos instrumentos de corda

 

Apesar de ter vários tipos de instrumentos de corda, como violino, violoncelo e violão, cavaquinho etc, o funcionamento deles é basicamente o mesmo: a vibração das cordas ressoa numa caixa acústica, que é o corpo do instrumento, e dali saem os sons. Legal, né?

 

Agora, o tamanho e o formato da caixa acústica fazem bastante diferença no tipo de som do instrumento, viu? Por exemplo, o som agudo do violino acontece porque ele tem uma caixa acústica pequenininha. Já no violoncelo, que é grande e tem uma caixa acústica mais comprida e maior, os sons são bem mais graves!

 

Essa regrinha só vale pros instrumentos acústicos, tá? O violino elétrico também é mais agudo que o violoncelo desse tipo, mas daí não tem nada a ver com a caixa acústica.

 


Como fazer notas neles

 

Pra fazer notas nesses instrumentos, é só apertar a corda em algum ponto do braço dele e, com a outra mão, empurrar a corda. É bem simples, né? Você pode fazer isso usando um arco, como no caso do violino e violoncelo, beliscando ou dedilhando elas. Também dá pra tocar usando palhetas, no caso de violões e cavaquinhos, por exemplo.

 

E cada um dos instrumentos tem uma quantidade de cordas e qualidade de som. Basicamente, cordas mais grossas criam sons graves e as mais curtas sons agudos, tá?

 

Em alguns, os instrumentos podem ter cordas mais longas ou mais curtas. Nesse caso, as mais longas fazem sons mais graves.

 


Tipos de instrumentos de corda

 

Como tem vários tipos de instrumentos de corda, eu vou te falar mais sobre as principais diferenças de cada um deles, tá? Assim, fica fácil escolher com qual você quer aprender música. Vem comigo:

 


Acústicos

 

Olha, alguns desses instrumentos até podem ter versões elétricas, mas eles fazem muito sucesso mesmo no dia a dia sem precisar de amplificadores, viu? São ideias pra quem gosta de juntar amigos num luau ou em roda de samba, por exemplo.

 

Violão - é um dos instrumentos mais tocados e conhecidos no mundo, viu? É usado em muitos ritmos, como pop, rock, samba e uma infinidade de outros estilos. O violão pode ter de 4 a 7 cordas, dependendo do modelo, e usa cordas de nylon ou aço. Agora o legal é que alguns modelos podem ser tocados como acústicos ou serem ligados em amplificadores.

                   

O violão eletroacústico precisa de um amplificador pra funcionar

 

Cavaquinho -  é como um violão, só que menor e de quatro cordas! Também tem um som mais agudo, bem alto, o que faz dele um sucesso em rodas de samba, viu? Geralmente é tocado com palheta, mas também fica com um som lindo quando é dedilhado. O cavaquinho é um dos instrumentos mais importantes pra tocar samba, pagode e choro.

                    

O cavaquinho é um instrumento que dá personalidade ao samba

 

Ukulele - é uma violinha pequena, parecida com o cavaquinho, mas o som dele é mais baixo, agudo e delicado. É o instrumento principal nas músicas havaiana, mas você vai encontrar o ukulele também na música indie, pop e até no rock!

                   

O ukelele é um dos principais instrumentos da música havaiana

 

Banjo - você já viu um instrumento de corda bem redondo e pequeno? Deve ter sido o banjo então! Ele é bastante usado em músicas folk, country e samba. O corpo dele até parece um pandeiro!

 

O banjo tem 6 cordas, lembra um pouco o cavaquinho, mas o forte dele é fazer base pra outros músicos solarem. Se você quer fazer solos, é melhor escolher outro instrumento, tá?

                   

O banjo tem um formato diferente e é ideal pra fazer base pra música

 

Bandolim - o bandolim, ou mandolim, lembra um banjo, só que no formato de uma pêra e tem 4 ou 5 pares de cordas! É muito usado no chorinho, na música country, sertaneja, folk, indie e pode ser tocado até na música clássica!

                  

O bandolin é muito usado em músicas indie, folk e regionais

 

Viola - a viola lembra o violão, mas é da mesma família do violino. Só que tem um som bem mais grave! E tem vários tipos de viola, como a caipira, que dá o tom em muitos ritmos que vão do sertanejo à música caipira. Já a viola acústica ou eletroacústica é usada até em variações de rock e música folclórica, viu?

 

E o legal é que tem até uma viola de arco, que lembra um violino até no jeito de tocar!

                      

A viola caipira é essencial pra fazer música sertaneja

 

Baixolão - é um baixo acústico, viu? O baixolão é muito usado em apresentações acústicas, mas também tem modelos eletroacústicos, pra você fazer um som com ritmo mais eletrônico quando precisar. ;)

                 

O baixolão eletroacústico faz sons acústicos e eletrônicos

 


Rock, Pop e outros ritmos dançantes

 

Aqui tão alguns instrumentos que fazem muito sucesso em grandes show, daquele tipo de lotar estádio, sabe? Também tem muita banda de garagem que faz sons incríveis com eles!

 

Guitarra - a guitarra é um símbolo do rock, né? Seja no heavy metal, punk ou até no pop, ela faz bastante sucesso com um som bastante distorcido e agudo! A versão mais comum tem 6 cordas, mas alguns modelos podem ter até 12!

                 

A guitarra faz um som mais agudo e estridente que o violão

 

Contrabaixo - também conhecido como baixo, ele e a bateria são responsáveis por fazer o som de base na música. Assim, guitarristas têm segurança pra fazerem vários tipos de solos sem nunca perder o ritmo! Eles podem ser tocados com palhetas, mas muitos músicos profissionais preferem usar os dedos mesmo e o som fica incrível também!

 

Ah, o contrabaixo também tem uma versão pra música clássica, viu? Ele é tão grande quanto um violoncelo, faz sons bem graves e é muito usado em orquestras.

                  

O baixo parece uma guitarra, mas tem o braço mais comprido

 


Música Erudita

 

Os clássicos da música erudita é que fizeram a fama desses instrumentos com sons lindos, viu? Mas eles também são bastante usados em outros estilos!

 

Violino - é um instrumento da mesma família da viola, só que com som mais agudo e é tocado com a ajuda de um arco com os braços estendidos.

 

Um detalhe é que ele é chamado de instrumento de corda friccionada porque é a forma como o arco é passado nas cordas que cria a melodia, tá? Você encontra o violino em muitos tipos de músicas, das eruditas até a country e folclórica. Muito legal!

                

O violino elétrico tem um formato super moderno e pode ter cores vibrantes

 

Violoncelo - o violoncelo lembra o som do violino, só que é mais grave. O formato também lembra um violino só que numa escala muito maior, que pode chegar a até 1,80. E a forma de tocar ele também é diferente. Você precisa segurar o violoncelo entre as pernas e também usar um arco pra produzir o som. Ele tem versões elétricas e acústicas e além da música clássica é muito visto em ritmos como jazz, blues, música folclórica e regional.

              

O violoncelo é um dos principais instrumentos do jazz e blues

 


E aí, já sabe qual dos instrumentos de corda você vai escolher pra mostrar todo seu talento? Aqui no Magazine Luiza você encontra todos eles em modelos de muita qualidade, viu? Aproveite e dê uma olhadinha nas ofertas de Craviola também.