Alimentos e Bebidas
Bem Estar
Casa e Decoração
Especiais da Lu
Estilo de Vida
Tecnologia

Violão: saiba mais

Confira dicas pra escolher e usar o primeiro instrumento

Instrumentos de Corda

Atualizado em 22 Jan 24

4 min de leitura

Gente, o violão é um instrumento incrível pra aprender a tocar ritmos variados, hein! Tem modelos muito bons que juntam custo-benefício e qualidade de som e que são ideais pra iniciantes. E você ainda encontra versões com formato que facilita segurar, ensaiar notas e acordes. Vem comigo conhecer! 

 

Qual o melhor tipo pra quem vai começar?

Olha, antes de decidir por um modelo de violão, é legal checar se ele reúne algumas características que facilitam o contato com, como o desenho do braço, por exemplo.

 

E mais: se vier com um perfil de braço assimétrico encaixa muito bem na mão e facilita o ajuste das cordas, sabia? Pois é! Já os braços finos com cordas próximas também são indicados porque descomplica o dedilhado.

 

Outro detalhe tá no perfil com escalas planas. Os acordes e solos saem suaves e, se juntar ao sistema de captação de alta qualidade, são ainda uma ótima opção pra identificar notas e sons com maior precisão. Adorei! 

 

Vale a pena investir ainda no violão com ponte sem pinos. Ele arrasa na hora de trocar cordas sem partes pequenas, viu?

 

O acabamento faz toda a diferença

 

Além disso, o violão é encontrado em versões acústicas ou elétricas. O acústico não precisa de um módulo amplificador, tá? 

 

O acabamento dele rende diferentes sons. Por exemplo, um corpo de mogno e tampo de madeira maciça ou laminada é a combinação que atinge um volume alto, sonoridade bem encorpada e com ótimo balanço entre notas graves e agudas. 

 

Você vai notar que os mais completos incluem pré-amplificadores. Essas opções são excelentes pra alunos que já começam a dar umas canjas em shows acústicos!

 

Já os com tampo em spruce e braço de mogno produzem menos graves. Olha, e esses são versáteis pra tocar ritmos variados que vão do rock ao pop. Se preferir um completinho, aposte nos com equalizador integrado e pedal preamp. Amei!

 

Vai dar um violão de presente pra criança? O de 34 polegadas é ideal até 8 anos.

 

Escolha as cordas, afine e comece a tocar

Outro detalhe que vai reparar é que tem cordas de violão de diferentes jeitos. As de aço são muito legais pra ritmos como rock e country, mas exigem técnica e dedilhado avançado, porque o material é duro. E pra quem ainda não ficou craque, pode machucar os dedos no início.

 

As de nylon fazem mais o estilo de samba e MPB. Além disso, esse é um acabamento flexível, macio e simples de mexer. É por isso que o nylon é o preferido pra alunos que ainda tão no básico, inclusive porque dá pra tocar com os dedos, ganhando agilidade sem a necessidade de palheta.

 

Quando colocar novas, percebe que levam tempo pra expandir quando são recém-instaladas? A recomendação é tocar um pouco e esperar uns 20 minutos. Depois, volte a tocar e refaça o processo até tá no ponto.

 

Como afinar violão? 

Se você conhece as notas exatas pra cada corda, não tem segredo! A dica é partir das mais graves e grossas, que ficam no topo, e seguir a sequência. A afinação padrão acontece em E-Mi, A-Lá, D-Ré, G-Sol, B-Si, e-Mi.

 

O segundo passo é identificar as cavilhas de afinação. Pra isso, precisa seguir cada corda até chegar na cavilha que corresponde a ela, combinado? Até porque cada uma afina a corda num sentido. 

 

Coloque a corda e gire a cavilha torcendo pra cima em sentido horário ou sentido anti-horário pra baixo, tá? A direção muda conforme o tipo do violão e encordoamento. Pra afinar do jeito certo, gire as cavilhas até encontrar a tensão certa da corda. Toque e gire a cavilha pra ajustar o tom. Dá pra checar com a ajuda de um afinador ou app de celular pertinho dele. 

 

A quinta pestana da corda é indicada pra afinar a corda que tá logo abaixo dela. Quando chegar na sexta corda, a quinta deve ser igualzinha quando tocada sozinha. 

 

Essa regra é importante pra cada intervalo entre as notas ser exatamente igual, hein! Experimente dedilhando um acorde em G ou outro acorde primário e verifique se o intervalo entre elas tá legal.



Por onde começar no aprendizado

Se quer tocar guitarra, baixo ou violão, você deve saber ler notas, bases e principais técnicas. Tem que passar pelos acordes maiores, depois pelos menores. E ainda desenvolver uma noção sobre como funciona o tempo na música.

 

E nem precisa ser tudo de uma vez! Ler partituras e tablaturas é indispensável e alguns apps gratuitos ensinam o básico. A partir daí, é importante contar com um professor pra ajudar com técnicas, principalmente como segurar, a postura e como puxar cada corda do jeitinho certo, combinado?



Qual a diferença entre violão, guitarra e baixo?

O violão, a guitarra elétrica ou a guitarra folk têm seis cordas e o baixo standard só quatro. O som dele é  grave e fica a uma oitava abaixo do violão. 

 

Se você gosta de instrumentos de corda, é legal começar pelo violão pra alcançar uma base pros outros. E, então, encarar o baixo antes do curso de guitarra. Isso porque ela é a mais complexa das três e a técnica do baixo é mais fácil do que a de uma guitarra clássica. Agora, se aprender a tocar o metrônomo pra desenvolver ritmo e apurar o ouvido, aí simplifica bastante! 

 

Já o violão clássico tem muitas diferenças pra guitarra. O corpo dele conta com um braço mais grosso e o da guitarra é fino pra conseguir solos rápidos. Outro detalhe tá em cordas espaçadas. No violão folk e guitarra elas ficam juntinhas e exigem um bom treino pra dedilhar.  

 

Uma dica pra quem domina o violão clássico e se interessa pela guitarra, é  experimentar o violão folk com cordas de aço. As diferenças entre eles são menores. 

 

Mas se ainda procura um clássico pra iniciar os estudos, escolha o violão a partir de 92 reais no modelo infantil e 200 reais no adulto pelas lojas, site ou no SuperApp Magalu!

 

A guitarra precisa de técnica própria, já que foi feita pra usar com amplificador

 

O violão ideal te espera aqui no Magazine Luiza!

 

Saiba mais

Ah, e na matéria Cordal, o que é? eu te explico as vantagens dele pra aumentar a vida útil de diferentes instrumentos.

 

E o app Simply Tune pra iOS e Android descomplica o processo de afinar e aprender a tocar violão, guitarra ou até ukulele!


Tá pensando em construir ou reformar uma área só pra estudar música? Chame os nossos parceiros pra instalar móveis, ar-condicionado, iluminação e muito mais!