Alimentos e Bebidas
Bem Estar
Casa e Decoração
Especiais da Lu
Estilo de Vida
Tecnologia

Como alimentar seu pet corretamente

Como alimentar seu pet corretamente

Veja como alimentar seu pet corretamente pra ter uma dieta balanceada e saudável

Cachorros

Atualizado em 4 Jun 24

5 min de leitura

Gente, a ração é um item de pet shop que é formulado especialmente pra suprir as necessidades nutricionais dos animais, tá? Dá pra encontrar ração para cachorro, gato, pra aves e muito mais. O interessante é que existem fórmulas que ajudam no crescimento de filhotes, no cuidado com idosos e diversos benefícios. Quer detalhes sobre as rações e outros tipos de alimentação pros pets? Vem comigo que eu te mostro!

 

Como alimentar seu pet corretamente?

Olha, é importante oferecer uma dieta de qualidade e que entrega os nutrientes necessários pra longevidade do pet, e isso envolve aminoácidos, ácidos graxos, vitaminas, minerais e por aí vai.

 

Pra começar, é bom considerar uma ração de qualidade, e o interessante é que tem a ração seca, que é prática e ajuda na saúde dental. Se precisar de ideias, aqui eu falo como fazer um cachorro comer ração.

 

Enquanto a ração úmida é ideal pros animais que têm dificuldade de aceitar qualquer comida e pros que não bebem muita água. Ainda é crucial reparar na quantidade de alimento recomendada pelo fabricante e profissional veterinário conforme o peso, idade e outras necessidades. Uma dica é dividir em porções diárias em duas ou mais refeições pra evitar que o pet coma tudo de uma vez só. 

 

E se quiser apostar numa alimentação natural, uma boa opção é a ração natural, afinal, a ração fórmula natural é menos processada e geralmente não conta com aditivos artificiais, conservantes ou corantes. Mas cuidado com a comida humana, mesmo que seja caseira, porque o que é saudável pra gente, pode não ser pra eles, viu? 

 

É crucial levar em consideração que alguns animaizinhos precisam de dietas especiais, por exemplo, os que contam com problemas renais e também os que necessitam de ração hipoalergênica. É importante, ainda, que a alimentação seja ajustada conforme a idade do pet. Geralmente filhotes devem receber nutrientes pro crescimento e desenvolvimento, adultos pro equilíbrio e pra manutenção das vitaminas, e os idosos de menos calorias e mais fibras.

 

Ração hipoalergênica pra cães com reações adversas a alimentos, sabe? Adorei!

 

Quais são as necessidades nutricionais do seu pet?  

As necessidades nutricionais de um pet vão depender de alguns fatores como a espécie do bichinho, idade, tamanho, estado de saúde e outros. Mas quando falamos de cães e gatos, as proteínas são muito importantes, porque atuam na reparação dos tecidos, crescimento e na imunidade. 

 

Já algumas gorduras são cruciais pros bichinhos, porque são elas que oferecem energia, ajudam na absorção de vitaminas que são lipossolúveis como a A, D e K, e são essenciais pra saúde do pêlo e da pele. Mas cuidado, pois o excesso de gordura pode virar obesidade, tá? Aqui eu dou dicas de como lidar com esse problema nos pets. 

 

Tem também os carboidratos que fornecem energia e fibra, minerais que são ótimos pra saúde dos ossos, dentes e muito mais. Além disso, as vitaminas ainda são necessárias pra saúde em geral. E pra suprir essas necessidades nutricionais é bom manter uma dieta equilibrada com rações específicas pra cada pet. 

 

No entanto, pode ser preciso suplementar a alimentação dos animais. Aí, é importante consultar um veterinário pra que ele recomende o ideal. Dá pra encontrar suplemento para cachorro, pra gato e outros de ômega-3 e ômega-6, probióticos e muito mais. Adorei!

 

Suplemento pra cães e gatos em cápsulas gelatinosas com ácidos graxos e mais.

 

Como calcular a quantidade de comida ideal pro seu pet?  

Pra alimentar corretamente o pet com a quantidade ideal é importante entender as necessidades energéticas dele, e isso vai depender de alguns fatores como idade, peso, nível de atividade e muito mais. Mas geralmente, é crucial separar as comidas por refeições pra evitar problemas digestivos e controlar o peso do animalzinho. 

 

Pros filhotes é aceitável de 3 a 4 refeições por dia, pros adultos e seniors em torno de duas ou o recomendado pelo veterinário. O interessante é que as rações costumam vir com uma tabela de alimentação na embalagem, sabe? Aí ela indica a porção com base no peso do pet. Amei!

 

Além disso, tem uma porcentagem média sugerida que pode ajudar na quantidade de ração oferecida. Pros pets de porte miniatura de 3kg, ou quilos, a 5 kg, o ideal é de 7 a 10% do peso corporal. Pros de porte pequeno, pesando entre 5kg e 10 kg, é bom oferecer de 4 a 6%. Pros de porte grande, entre 10kg a 25kg, é legal proporcionar de 4 a 5% do peso corpóreo. Já pros de 35kg a 42kg o sugerido é de 3 a 4%, enquanto isso, os de porte gigante, ou seja, de 42kg pra cima, é indicado oferecer de 3 a 4% do peso.

 

Só não esquece de fazer um monitoramento de como o bichinho tá reagindo à quantidade de comida, tá? É importante observar a variação de peso, condição corporal, saúde no geral e comportamentos do pet pra ter certeza de que a ração não tá fazendo mal pro pet. 

 

Quais são os alimentos proibidos pra animais de estimação? 

Existem alimentos que são perigosos e até mesmo tóxicos pros animais de estimação e que nunca devem ser oferecidos. Pra começar, o chocolate é inimigo dos bichinhos. Esse alimento contém teobromina e cafeína, que causam vômitos, diarreia, aumento da frequência cardíaca, convulsões e podem levar à morte. Outros itens pra serem descartados são as uvas passas, cebola e alho

 

Doces e produtos dietéticos também não são saudáveis pra eles, porque costumam ter xilitol, que é um adoçante artificial que causa uma rápida liberação de insulina no corpo e resulta em hipoglicemia. Ingredientes condimentados ainda podem irritar o estômago. Além disso, é proibido frutas com sementes, caroços, muito gordurosos e produtos lácteos

 

Dicas pra alimentar seu pet de forma saudável  

Pra alimentar o pet de uma forma saudável é importante escolher uma ração de qualidade e formulada pra atender as necessidades do animal. É preciso entregar a proporção ideal pro porte dele e dar água fresca em abundância. Uma boa opção é apostar nos bebedouros com filtro. E se quiser aumentar a aceitação com a comida, uma dica é misturar com um pouco de ração úmida ou molho pra ração.

 

Além disso, os petiscos e bifinhos, biscoitos e ossinho para cachorro são ótimas opções pra recompensar durante treinamentos ou apenas pra demonstrar o amor e carinho por eles. Fica de olho na embalagem pra saber qual a quantidade máxima que pode ser oferecida diariamente, porque eles costumam ser ricos em calorias.

 

Petisco pra cães feito com carne. Que delícia!

 

Como evitar problemas de saúde relacionados à alimentação?

Pra evitar problemas de saúde relacionados à alimentação é crucial oferecer rações de qualidade, na quantidade certa pro porte do bichinho e no tipo ideal pras necessidades do pet. Tem as rações secas, as úmidas, terapêutica, premium e várias outras. Uau!

 

Também é importante evitar chocolate, uvas, cebola e alho, além de consultar um veterinário regularmente pra entender as necessidades nutricionais.

 

Gostou? Ração e outros itens de pet shop tão aqui no Magazine Luiza. Aproveita!

 

Saiba mais

Agora, se quiser conferir outros detalhes, na matéria Dicas de alimentação pra cachorro eu falo de algumas opções de ração light, medicamentosa, alimentos naturais e dou várias dicas pra fazer uma refeição saudável pro animal. 

 

E pra quem precisa de ajuda pra cuidar do pet, uma dica é apostar no aplicativo DogHero, disponível pra Android e iOS que auxilia na busca por cuidadores de confiança e que tão bem pertinho do tutor. 


Ah, e caso invista numa TV nova pra ver vídeos de pets fofinhos e precise de ajuda pra instalar, pode contar com nossos parceiros.